Passeio do 24º Aniversário Évora - Amieira Outubro de 2015

  

Após a recepção dos participantes, no novíssimo Hotel Vila Galé Évora, veio tudo para a

rua para ver e experimentar os modelos mais recentes da BMW.

Depois da ventania que todos apanharam pelo caminho, estava tudo a olhar para o céu,

para ver se chovia....

Apesar das ameaças e de algumas desistências, o Presidente lá seguiu à frente do

primeiro test-ride do dia.

Depois de uma forte chuvada, todos chegaram mais fresquinhos, mas contentes....

A segunda rodada também começou com a chuva a ameaçar....

Entretanto, alguns dos mais corajosos, aceitaram participar na actividade alternativa

que estava preparada.

Uma "Aula de Preparação de Gaspacho Alentejano"

Começaram a medo....

Mas depois foram-se juntando mais interessados!!

Formou-se um grupo muito animado

As senhoras de um lado, muito activas!!

E os senhores do outro, com muita conversa, mas pouco trabalho....

No meio estava o experiente Manuel Batista que, com algumas ordens de comando,

conseguiu que eles fizessem alguma coisa.

O "Chefe" do gaspacho, também estava atento.

Outros nem por isso!!

O António conseguiu não "sujar" a bancada!!

O "Júri" apreciava as manobras para no final dar as notas.

No final acabou tudo aprovado e fomos almoçar.

O Presidente em "conversações", difíceis, com a Motomil.

No final do excelente almoço, onde todos se queixaram de ter cometido o

"Pecado" da "Gula",

O momento alto:

O Sorteio de equipamentos BMW oferecidos pela Motomil.

O Rui tentou tornar-se amigo do "manequim", mas ele não lhe ligou nenhuma.

A Cláudia Braz fez o sorteio.

 O António, que tinha avisado estar a precisar de sapatos novos!

Foi o 1º contemplado,

Com umas botas, mesmo a calhar!

O 2º felizardo foi o Américo Dias

Com umas calças

No final, o blusão muito cobiçado por todos

Calhou ao José Cavaleiro

O boneco sofreu um bocado, com "abusos" vários!

E, no final, o António quis levá-lo para casa, nós é que não deixámos....

Depois do almoço, fomos a pé até à Igreja de São Francisco, onde chegámos debaixo de

uma chuvada torrencial!

Aqui começamos a visita ao centro histórico de Évora, classificado em 1986, como

Património Mundial pela Unesco.

Esta é a sua nave central, do sec. XV, com uma das maiores e mais altas abóbodas

existentes em Portugal.

O Altar Mor

Uma das capelas barrocas

A Capela dos Ossos, forrada com milhares de ossos humanos e onde à entrada está a

frase, "Nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos".

Aqui, na Praça do Giraldo, com o nosso guia Jones Fernandes

Antiga Rua da Selaria, hoje 5 de Outubro, uma das mais antigas e importantes da

cidade

 

Nicho ao Senhor Jesus dos Terramotos, em agradecimento, por Évora ter sido poupada

ao Terramoto de 1755

Torre da Cerca Medieval

O comércio tradicional com um "traje de praia" de cortiça alentejana

A Basílica de Nossa Senhora da Assunção, Sé Catedral de Évora, que começou a ser

construída em 1186 e só terminou 600 anos depois, em meados do sec. XVIII

Templo Romano, que nunca foi de Diana...

Fórum da Fundação Eugénio de Almeida, por onde começámos a interessante e

espectacular visita a esta instituição de direito privado e utilidade pública

Instalação com 2 azinheiras, na antiga sala do tribunal da inquisição, onde os infiéis

eram mandados para a fogueira!!

Outra instalação....

As Casas Pintadas, com frescos do sec. XVI

Frescos riquíssimos

Outra exposição

Entrada no Paço de São Miguel, construído no período Romano-Visigodo, com a

Coleção de Carruagens

De seguida, o Arquivo e Biblioteca Eugénio de Almeida, com o cultíssimo guia

Rui Carreteiro que, a partir daqui, nos acompanhou

Album com fotografias da residência lisboeta da família Eugénio de Almeida, actual

Quartel General das Forças Armadas

Mapa com as zonas lisboetas do Marquês de Pombal, Parque Eduardo VII, Artilharia I e

Campolide, que pertenciam à família Eugénio de Almeida

Páteo de São Miguel, conjunto arquitectónico recuperado da completa ruina e que serviu

de residência da família.

Um portal romano

A cozinha, que não era muito grande, pois esta residência não era a principal da família

Vista nocturna do Páteo de São Miguel

Depois de muita cultura e algum cansaço físico, um merecido e óptimo jantar no

D. Joaquim.

No Domingo de manhã, depois de um Bom Pequeno Almoço, lá nos fomos juntando no

exterior, para o percurso da manhã, em direcção à Amieira.

Uma paragem sobre a Albufeira do Alqueva para uma fotografia de grupo

A chegada ao Restaurante da Amieira Marina

O almoço

E a Foto Final!!!